sexta-feira, 27 de junho de 2014

Grandes águas, pássaros, semente

Não me procures ali, / onde os vivos visitam / os chamados mortos. / Procura-me dentro das grandes águas / ou junto aos pássaros / ou espelhada num outro alguém. Pedra / semente / sal. / Passos da vida. / Procura-me ali. Viva.”

(Hilda Hilst, poeta, dramaturga, escritora)



Uma das principais representantes do movimento feminista no Brasil, mulher determinada em tudo, desde a luta contra a cegueira, até a luta por suas ideias, a escritora e feminista Rose Marie Muraro morreu aos 83 anos, há alguns dias.
Rose Marie estudou Física, mas se dedicou profissionalmente a escrever e editar  livros.     Como autora, publicou 35 títulos, entre os quais “Sexualidade da Mulher Brasileira” e “Corpo e Classe Social no Brasil”.
Em 1975, ela fundou o Centro da Mulher Brasileira, para difusão de suas ideias feministas.
Por trabalhar na editora católica Vozes, sua atuação como editora ligada à Teologia da Libertação incomodou a igreja, especialmente depois da publicação de “Por Uma Erótica Cristã”. Em 1986, ela e Leonardo Boff foram demitidos da editora depois de 17 anos de trabalho conjunto (eles escreveram juntos  “Masculino/Feminino”, livro que estuda a relação entre os gêneros).
A publicação da autobiografia “Memórias de Uma Mulher Impossível” atesta a luta de Rose Marie Muraro pela emancipação das mulheres. Em 2005, ela foi nomeada a Patrona do Feminismo Brasileiro.


"Rose Marie Muraro mostrou em sua saga pessoal que o impossível não é um limite mas um desafio. Ela se inscreve na linhagem das grandes mulheres arquetípicas que ajudam a humanidade a preservar viva a lamparina sagrada do cuidado por tudo o que existe e vive. Nesse afã ela se tornou imorredoura", escreveu Leonardo Boff, que ressaltou no início do texto o fato de que a escritora nasceu com uma deficiência visual que a tornou praticamente cega – só aos 66 anos, ela se submeteu a uma cirurgia e recuperou a visão. Boff destacou a atuação de Rose Marie nas discussões sobre gênero e afirmou que a escritora "não se limitou à questão das relações desiguais de poder entre homens e mulheres mas denunciou relações de opressão na cultura, nas ciências, nas correntes filosóficas, nas instituições, no Estado e no sistema econômico. Enfim, deu-se conta de que no patriarcado de séculos reside a raiz principal desse sistema que desumaniza mulheres e também homens", escreveu.

Por enfrentar desafios imensos e por sua dedicação incansável, Rose Marie Muraro se tornou imorredoura: pode ser procurada dentro das grandes águas, ou junto aos pássaros, ou espelhada num outro alguém. Ela é semente: para sempre viva na nossa admiração!



           

INTERNET, INFORMAÇÃO SEM FRONTEIRAS


“Os analfabetos do século XXI não serão aqueles que não sabem ler e escrever, mas aqueles que não sabem aprender, desaprender e reaprender.” Alvin Toffler (Escritor e futurista norte-americano doutorado em Letras, Leis e Ciência, conhecido pelos seus escritos sobre a revolução digital, a revolução das comunicações e a singularidade tecnológica.)




O Departamento de Defesa americano pretendia criar uma rede de comunicação de computadores em pontos estratégicos. A intenção era descentralizar informações valiosas de forma que não fossem destruídas por bombardeios se estivessem localizadas em um único servidor. E foi assim que surgiu a Internet, nos anos 60, na época da Guerra Fria, nos Estados Unidos.
Segundo o site Brasil Escola, no Brasil, a conexão de computadores por uma rede era possível somente para fins estatais. Apenas em 1991 a comunidade acadêmica brasileira conseguiu, através do Ministério da Ciência e Tecnologia, acesso a redes de pesquisas internacionais. Em maio de 1995, a rede foi aberta para fins comerciais, ficando a cargo da iniciativa privada a exploração dos serviços.
Infelizmente, no Brasil ainda existem muitas pessoas que não sabem direito o que vem a ser essa rede chamada “Internet”. É uma rede de computadores interligados mundialmente, que compartilha informações comerciais, acadêmicas, públicas e privadas.
Hoje a Internet possibilita um acesso em tempo real, a todas as partes do mundo. Podemos conversar e ver pessoas que estão do outro lado do planeta. É maravilhoso! Com esta ferramenta, podemos receber informações de todos os tipos, sem precisar sair de casa. Basta ter um computador, um tablet ou mesmo um celular.
NOTÍCIAS, um jornal antenado com seu tempo, possui vários endereços virtuais. Além de acessar nossas matérias na íntegra, possibilita ao leitor comentar e opinar sobre nosso trabalho. Dá acesso às imagens, promoções e propagandas.
Estamos levando NOTÍCIAS DE VALINHOS a todos os cantos do planeta, como mostra o mapa:

Acessos registrados entre 18/06/2014 14:00 – 25/06/2014 13:00

Os países marcados na cor verde representam acessos ao nosso blog (Brasil, Estados Unidos, Alemanha, Ucrânia, Rússia, Cingapura, Polônia, China, França, Indonésia). A tonalidade significa maior ou menor número de acessos.
Esse é mais um bom motivo para estar em NOTÍCIAS – ver e ser visto! Seu texto, anúncio, produto ou serviço, tem um alcance expressivo, além das fronteiras da Região Metropolitana de Campinas.

Curta, acesse, siga-nos e desfrute desta tecnologia!

Cristina Morse
Bacharel em Ciência da Computação
Social Media Strategist










Notoriedade não é fama!...



“Um cachorro costumava atacar sorrateiramente e morder os calcanhares de quem encontrasse pela frente.
Seu dono, então, pendurou um sino no pescoço do cão, assim ele alertaria as pessoas de sua presença por onde quer que andasse.
O cachorro cresceu orgulhoso e vaidoso do seu sino e caminhava tilintando-o pela rua.
Um velho cão de caça então lhe disse: Por que você se exibe tanto? “Este sino que carrega não é, acredite, nenhuma honra ao mérito, mas ao contrário, uma marca de desonra, um aviso público para que todas as pessoas o evitem por ser perigoso”.



A partir deste simples relato, quantas reflexões nós podemos fazer...
                                

Gostamos de ser notados, percebidos, admirados e reconhecidos pelas pessoas com quem convivemos.
Mas queremos sinceramente, que essa notoriedade seja pelo que somos, pelo bem que fazemos, pela compreensão e respeito que demonstramos, pela sensibilidade para apreciar o sucesso dos outros, pela honestidade e responsabilidade nos compromissos assumidos...
No entanto, esperamos que essa percepção que os outros têm de nós, não nos torne levianos, soberbos e vaidosos, não nos faça sentir “o tal”, o “famoso”, e desejando que o “sino” toque quando passamos.
Se um dia isso acontecer conosco, que alguém, muito amigo, nos alerte e nos chame à realidade.
Cada um de nós é notável, digno de apreço e de honra na medida em que desenvolve e faz crescer seus dons, qualidades e habilidades. Na medida em que luta, trabalha, persevera e conquista. Na medida em que reparte, respeita e é solidário. Na medida em que acredita, perdoa e ama.
E para tudo isso acontecer precisamos da luz e sabedoria de Deus, nosso Pai e Amigo...











“Nossos animais são todos bem tratados” Adriano Maçaira, patrono dos muladeiros


















IPTU VERDE


Reduções em tributo para imóveis arborizados podem ser solicitadas até o próximo dia 30 em Valinhos

Cerca de 400 pedidos já foram feitos junto à Prefeitura de Valinhos para a obtenção de reduções no IPTU de 2015 que variam de 20% a 45% em áreas arborizadas. Mas até o próximo dia 30, prazo final para requerer a redução, o número de pedidos deve chegar a 600. "Com o benefício, oferecido anualmente, a administração municipal busca incentivar a preservação do meio ambiente e o crescimento das áreas verdes em território valinhense", explica o prefeito Clayton Machado.
As reduções oferecidas pela Prefeitura de Valinhos seguem três faixas, conforme a área verde (veja abaixo). Para conseguir o benefício, os imóveis em região urbana precisam ter áreas arborizadas, seja de forma natural ou reflorestada, inclusive espécies frutíferas para fins comerciais.
O pedido deve ser protocolado na Prefeitura, na Divisão de Protocolo Geral, no horário do expediente (das 9 às 16 horas). A solicitação, de acordo com o artigo 131 do Código Tributário do Município, deve estar acompanhada de croqui ilustrativo do imóvel, contendo a sua localização e a identificação de áreas não edificantes, fotografias e, conforme o caso, laudo técnico realizado por profissional qualificado. Também são necessárias cópia do carnê de IPTU de 2014 e o recolhimento da taxa de expediente no valor de R$12,88.
A legislação que incentiva a adoção de medidas sustentáveis em Valinhos considera arborização natural ou reflorestada a área contendo espécies nativas (flora nacional) ou exóticas, em qualquer estágio, inclusive mudas. “Mesmo os contribuintes que começaram a arborizar seu imóvel há pouco tempo poderão requerer o benefício até o prazo previsto para que o desconto seja oferecido no imposto de 2015”, explica o diretor do Departamento de Meio Ambiente e engenheiro agrônomo, Fernando Antoniazzi, ligado à Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.
O fiscal do Departamento de Meio Ambiente, Fábio Prazeres, que atua há anos na análise das solicitações, conta que os pedidos de redução de IPTU em áreas arborizadas passaram, em uma década, de 150 a cerca de 600 em 2013.
“Eu observo durante as vistorias que faço às propriedades que há de fato uma consciência ambiental e uma vontade dos seus responsáveis em manter ou aumentar as áreas verdes visando, principalmente, a preservação do meio ambiente com o plantio de variadas espécies arbóreas. Sem dúvida esta atitude contribui para a qualidade do meio ambiente, incentivada pela legislação que é uma ferramenta para colaborar com esta finalidade”, acredita o fiscal.
A arquiteta Miriam Senna, de 57 anos, é exemplo de contribuinte que não vê apenas a questão financeira quando entra com o pedido para obter a redução no IPTU. Há mais de 20 anos reside em uma propriedade no bairro Chácaras San Fernando e há 10 anos requer o benefício. “Com certeza é bom para o bolso, mas é melhor para o meio ambiente. Tenho redução de 45% de IPTU, pois a maior parte de minha propriedade, que tem 1.600 metros quadrados, possui muitas espécies de árvores, inclusive ipês, Pau Brasil e frutíferas. Não abro mão de viver em meio à natureza”, destaca. 

Veja abaixo as faixas de redução de IPTU para áreas arborizadas estabelecidas pelo Código Tributário:

- a primeira, de 20%, é para o imóvel que tenha entre 20 e 30% de área de terreno com arborização, seja ela natural ou cultivada para fins comerciais.
- a segunda, que oferece 30% de redução, atende os contribuintes que tenham 30% e 50% do seu imóvel com árvores plantadas.
- a terceira faixa oferece 45% de abatimento no imposto para propriedades com mais de 50% de espaço arborizado.

Os interessados em obter informações podem entrar com contato com a Secretaria da Fazenda, pelos telefones 3849-8029 ou 3849-8033.











AQUECIMENTO DO MERCADO BRASILEIRO


“Quem faz somente aquilo que lhe é pago, não merece nem o quanto recebe.” – dito popular


Há muito tempo não basta fazer apenas o básico, o obrigatório, em qualquer que seja a área da vida. E ai de quem se arrisca! Até na vida familiar há um reflexo considerável desta afirmação. Ainda mais na vida corporativa...
Em tempos de Copa do Mundo, o mercado sentiu e ainda sente a premência da realização de ações e planos estratégicos, para que o ganha/ganha se concretize!
“Segundo dados auditados por pesquisa Nielsen/Sport Track, 63% dos brasileiros declaram que consomem algo enquanto assistem esportes na TV. Quarenta e três por cento consomem refrigerantes, 37%, cerveja; 22%, salgadinho; 15%, biscoito. Assim, fica evidente que é importante se planejar para aproveitar épocas como essa e encarar sazonalidades com bom-humor e senso de oportunidade.”

Agora, de nada adianta protestar, resmungar. A Copa está acontecendo. Portanto, o mais sábio é aceitar e ainda tirar proveito disso. Quanto mais o Brasil avança rumo ao Hexa, mais leva as massas ao delírio. E, literalmente, tudo vende!
Ainda dá tempo de promover ações no ponto de venda (PDV). A utilização de produtos na composição de alegorias pode ser uma ação eficaz e divertida, se brincar com produtos verde e amarelo para decorar o PDV. A principal condição é que cuide para que os detalhes não comprometam o projeto visual do negócio, como bem lembrou Jonathan Dagues, do Portal No Varejo, em sua coluna.
Outra boa ideia é Incentivar o cross selling, criando pontos extra de produtos que combinam com o evento. Por exemplo: um ponto com mix de pipocas e refrigerantes, com cartazes que estimulem esse tipo de compra.
O visual e o bom aproveitamento dos espaços é determinante na decisão de compra no PDV. Quem nunca se sentiu atraído e disposto a comprar, diante de uma linda banca de frutas?
Segundo dados da Embratur, desembarcaram 600 mil visitantes para ver os jogos no Brasil. Esses estrangeiros movimentarão, até o final da Copa, cerca de R$ 25 bilhões.

É hora de apostar, anunciar, inventar, inovar. E torcer para que, independente dos resultados dos jogos, a Copa nos deixe um legado de prosperidade. Porque está na hora do mercado brasileiro voltar a “fazer gol”!






















Apesar de você...




Apesar de todo o pessimismo instalado no país;
ü apesar das dificuldades que o povo brasileiro tem enfrentado para sobreviver;
ü apesar das greves e boicotes no transporte coletivo e que afastam o trabalhador do seu local de trabalho;
ü apesar da falta de hospitais e pronto-socorros e as filas para atendimento se avolumarem;
ü apesar da ausência de medicamentos, leitos hospitalares e médicos;
ü apesar da crônica falta de assistência à infância e à velhice;
ü apesar da falta de vagas nas creches e mesmo da falta de creches;
ü apesar do estado precário das nossas escolas públicas ou até da sua inexistência;
ü apesar da má remuneração e a total falta de atenção e consideração aos professores;
ü apesar da insegurança que todos sentimos, como se a nossa vida nada valha;
ü apesar do superfaturamento no valor de construção dos estádios, hoje denominados arenas pela toda poderosa FIFA, entidade que comanda o futebol mundial, esse esporte milionário e gerador de lucros incalculáveis e mutretas de toda ordem, não só para os jogadores, mas, sobretudo para quem o promove, aí entendido a imprensa falada, escrita e televisionada e a FIFA (no mundo globalizado) e a CBF (no Brasil);
ü apesar das obras prometidas para o mundial estarem inacabadas, algumas sequer começadas, apesar de superfaturadas;
ü apesar de ninguém saber o hino da Copa (aliás, existe hino da Copa?);
ü apesar da cerimônia de abertura, comandada pela FIFA, idealizada por uma belga (nada contra a Bélgica e os belgas, vejam...) ter sido um fiasco;
ü apesar da cerimônia de abertura do Mundial não ter sido entregue a gente nossa, por exemplo, um carnavalesco responsável pela beleza coreográfica de uma escola de samba e que conhece o calor e os sentimentos do nosso povo;
ü apesar de ter faltado comida nos estádios supervisionados pela FIFA;
ü apesar do desgoverno, dos descalabros, da corrupção e da impunidade;
ü apesar da aposentadoria prematura do ministro Joaquim Barbosa, do STF;
ü apesar das reclamações dos fabricantes de fogos de artifício que não venderam o esperado, tendo que estocar o produto;

Apesar de tudo isso, mas graças
ü à paixão do brasileiro pelo futebol;
ü à generosidade do nosso povo e a acolhida hospitaleira dispensada aos visitantes e torcedores estrangeiros;
ü à emocionante cantoria da gente brasileira, em grupo, em uníssono, do nosso Hino Nacional, além do limite de tempo imposto pelo rígido protocolo da FIFA, como um grito de esperança de um povo que merece e quer ser mais bem tratado e que se tornou exemplo para outras seleções;
ü à cobertura e estímulo da imprensa falada, escrita e televisionada;

A Copa do Mundo no Brasil é um sucesso!...
“Apesar de você”, senhora FIFA, “amanhã há de ser outro dia”!...  











quinta-feira, 19 de junho de 2014

Fazendo a louvação

Vou fazer a louvação / do que deve ser louvado / louvando o que bem merece / deixando o ruim de lado. / Louvo agora e louvo sempre / o que grande sempre é / louvo a força do homem / e a beleza da mulher.” (Louvação, de Gilberto Gil e Torquato Neto)





A  Dra. Angelita Gama foi a primeira mulher titular em Cirurgia na história da USP; foi a primeira mulher aceita pela Sociedade Americana de Cirurgia; foi a primeira mulher premiada pela Sociedade Européia de Cirurgia, e é uma recordista em prêmios, tendo recebido mais de 51, entre nacionais e internacionais.
A todo esse mérito acadêmico foi acrescentado mais um título: no mês passado, nos Estados Unidos, a brasileira foi premiada pela Sociedade Americana de Cirurgiões de Colo e Reto pela autoria do melhor estudo de 2013, feito que teve como ponto de partida uma pesquisa iniciada há mais de duas décadas, quando a Dra. Angelita passou a tratar pacientes com câncer de reto sem cirurgia. (O reto é a porção final do intestino grosso e os pacientes que desenvolvem tumores nessa região tinham, obrigatoriamente, de tirar parte do órgão, além de fazerem quimioterapia e radioterapia.) “A técnica sem cirurgia, que antes era vista com desconfiança, hoje é estudada em todo o mundo. Já há congressos sobre isso. Os Estados Unidos acabaram de fechar um protocolo de pesquisa da técnica que vai incluir 16 hospitais”, conta ela, que foi convidada para apresentar a pesquisa em Harvard e John Hopkins, duas das mais renomadas universidades americanas.




A Dra. Angelita, paraense, é casada há 45 anos com o Dr. Joaquim Gama, paulista, cirurgião especializado em estômago. São considerados o “casal 20” da cirurgia do aparelho digestivo! Ele é todo elogios para ela: “Em ação, debruçada sobre o corpo do paciente anestesiado, ela não fala: sussurra ao pé do ouvido dos dois assistentes. E não admite barulho. Ela manipula bisturis, pinças e grampos com movimentos muito precisos e tem um conhecimento excepcional de anatomia, por isso faz um trabalho tão limpo, com pouco sangramento. Costuma terminar as cirurgias dizendo “Melhor é impossível”, título do filme estrelado por Jack Nicholson, que ela adora.”
Por tantos méritos é que se deve louvar agora e louvar sempre a força e a beleza dessa incrível e superlativa MULHER!







PROVA DE CARINHO


Mensagem recebida via e-mail noticiasvalinhos@gmail.com

Sr. Tom Santos,
Que prazer imenso receber hoje pela manhã (mais precisamente "no final da madrugada"), sua visita no portão da minha casa. Quando ouvi minha cachorra Kika, lhe dar bom dia com seu latido habitual, quase não acreditei.
Estava sendo presenteada, novamente, após um breve período de ausência, com o jornal  "Notícias de Valinhos" entregue pelas mãos de seu idealizador, meu querido amigo e irmão Tom Santos.
Estive orando muito e torcendo pela sua recuperação. Hoje, Dia de Santo Antônio, Santo das causas impossíveis, recebi a boa notícia que você está de volta.
Devo dizer que de uma maneira inesperada e surpreendente.
Agradeço muito a Deus por permitir que você, Tom Santos, permaneça conosco por mais um tempo (continuo orando para que seja bem longo esse tempo).
Que Deus continue abençoando sua vida com muita saúde.
Se cuide e mais uma vez, SEJA BEM VINDO!
Um grande abraço com muito carinho.
Até breve.
Margarete Montovani Canisella.

PS.: Mande um grande abraço para minha querida Inês e ao meu amigo Chagas.


Prezada Margarete,
Fiquei muito feliz ao receber sua mensagem!
Durante o período em que estive afastado de minhas atividades profissionais e de Valinhos, recebi muitas demonstrações de apreço, de várias maneiras: pessoalmente, por e-mail e telefone. Foram muito importantes e estimulantes.
Mas foi na volta à ativa que pude sentir plenamente o valor e significado de cada oração, de cada abraço e cada voto de saúde.
Amigos de credos diferentes estão me mostrando que o poder da oração é indiscutível e reconfortante!
Agradeço a Deus, por colocá-los a enfeitar e abençoar minha vida...

Um forte abraço, de cada um de nós
Tom, Inês e Chagas



























MUSCULAÇÃO DOS SONHOS





Quantas vezes na vida fazemos planos, expressamos desejos e metas, mas na hora de executar não conseguimos, ou não temos a força de vontade suficiente, ou nos perdemos nas interferências e opiniões.
Essas situações delicadas e ao mesmo tempo frustrantes nos fazem lembrar a fábula dos “dois ratos que passeavam despreocupadamente. O primeiro rato se vangloriava do seu doutorado em Planejamento Estratégico nos EUA. Fazendo tocaia, um gato saltou e pôs a pata em cima do segundo rato. Este, aterrorizado, suplicou ao rato planejador:

“O que você faz aí, parado? Ajude-me”!
“Estou planejando”!
“Planejando o quê? Socorro”!
“Já sei: vire um Pit Bull”!
“Mas como”?
“Bem... eu planejo e você tem de executar”!


De verdade, entre o planejar e o executar há uma grande distância. Podemos ser ótimos planejadores, termos idéias brilhantes e criativas, mas na hora da execução, não chegamos lá. Em contrapartida podemos ser ótimos executores de planos já estabelecidos.


É preciso traçar metas, ter objetivos, sonhos e boas intenções. Entretanto, o que vai definir se andamos para frente, para trás ou se ficamos no mesmo lugar, é a ação que vamos empreender, ou a ausência dela.
Bem disse Walt Disney: “É preciso colocar músculos nos seus sonhos”, ou seja, é preciso agir.

Tanto na elaboração dos planos ou na execução deles, não estamos sozinhos. A convivência com as pessoas nos inspira e nos motiva, nos estimula, nos ajuda, nos faz ser mais criativos... Por isso a equipe de trabalho coesa e unida, que respeita e permite o desenvolvimento dos dons e talentos de cada um, só pode crescer e espalhar confiança e alegria...
E, Deus, nosso Pai, ilumina e fortalece nossa vontade interior! E sempre precisamos nos lembrar das possibilidades sem limites, que nascem, quando acreditamos em nós mesmos e nas pessoas que nos rodeiam.